Monday, July 22, 2013

Dizer o que nos perturba não é, ao contrário do que muitos dizem, estarmos a queixar; é apenas partilhar a dor numa de "dor partilhada, dor aliviada".

Sunday, July 14, 2013

Ecos

soam ecos de quando peco
e me esqueço da redenção

a minha vida sem ti vivi-a
a minha morte contigo esqueci-a

vêm lembranças de mansas danças
que já lá vão

Friday, July 12, 2013

Pernoitar

Lilases reflectiam do cabelo dela,
assim que a noite descia, mansa,
com gentil toque de dedos de luar.

Convidou-me para subir as escadas,
fê-lo só com o olhar
e assim que dei por mim
a cada pé em cada degrau
senti a corrida do coração
e a lentidão dos meus movimentos.

Entre as suas pernas pernoitei,
encostando a cabeça no interior
de umas das suas leves coxas.

A minha vida tinha parado
entre o calor da pele dela
e a suavidade de um afago.

Quando abri os olhos
apenas um pouco
percebi que era um bom sonho,
como aqueles dos quais não queremos despertar.

Saturday, July 06, 2013

sem título

Nunca fomos a um concerto juntos, nem dançámos juntos em público.
No entanto, não trocava os meus momentos contigo, com o teu mundo, por ninguém.
Pois foram os meus momentos mais ricos mesmo sem ter havido riquezas financeiras.
Assim são os grandes amores, são todos impossíveis e de meter dó, tal é o desperdício.