Wednesday, June 21, 2017

O poema tão belo que não se pode perder
Até onde se vai por ele? 
O que se sacrifica para tê-lo?
O sono? O amor? A vida? 

Ninguém sabe o dia de amanhã...
Post a Comment