Wednesday, February 24, 2010

Às vezes já me chateiam, estas coisas dos poemas, ou sei lá mais o quê, às tantas da manhã, depois de já me ter deitado há muito, forçar-me a abrir as pestanas e com olhos doridos escrevinhar minúsculas e corridas letrinhas, só porque já gritava muito alto o poema, ou sei lá mais o quê, na minha cabeça que só queria era parar e dormir como as pessoas normais.
Post a Comment