Sunday, May 21, 2017

Olhos de veludo
verde da mesa de bilhar
Paul Newman agora e sempre
Sorriso matreiro e olhar profundo
Ele chega, entra na sala a brilhar
Silencia-se: o mundo inteiro escuta-o
Imobiliza-se: o mundo inteira fixa-o. 
Post a Comment